estilo

Estilo, que estilo?
Muitos homens assumem seu estilo e se garantem nele. Outros, pensam que ao pegar um par de sapatos surrados e combiná-los com baggy jeans + t-shirt, a mensagem que será passada é “faço a linha relax”. Mas muita gente pode entender de maneira errada, achando que você é relaxado e não se importa com nada, qualquer que seja a marca da sua roupa ou pra onde você esteja indo. Se você é visto daquele jeito, a opinião sobre quem você é começa a partir dali.

Você é o que parece ser?

É raverdade sim, as pessoas vão julgar quem você é pelo que você veste. E como a primeira impressão é a que fica, dependendo da gravidade, fica difícil reverter. As roupas que você usa, o seu corte de cabelo, a barba, etc. formam uma imagem que podem demonstrar quem você é ou quem você “criou” com algum objetivo, por isso é preciso estar seguro de si, às vezes pedir a opinião de alguém é ótimo pra ficar atento ao que não vemos no espelho.

Criando seu próprio estilo
O primeiro passo pra criar seu estilo é pensar em qual imagem você quer passar. Se você quer que pensem que você é bem sucedido, seu look precisa ser bem sucedido. Se você quer ser visto como um rockstar, suas roupas precisam ser dignas de um rockstar. Se você quer apenas sentir-se bem, provavelmente você não vai se importar com uma mensagem a ser passada, apenas fique ligado nas tendências que te agradam e tudo ficará bem.

Quem é você?
Uma vez decidida a imagem que você quer projetar, pense sobre outras pessoas que também tem essa imagem (pode ser um amigo, parente ou celebridade), mas não para copiar o estilo, e sim pra servir de inspiração. A combinação de cores daquela pessoa te agrada? O corte das roupas que ela usa te interessam? Então ótimo, esses são os pontos a serem analisados. Tenha sempre em mente que ninguém quer ser o clone de ninguém, estamos apenas procurando fontes pra montar nossa própria identidade, tarefa que não vai acontecer do dia pra noite porque é algo que requer tempo e prática. Com um pequeno esforço, você pode transformar sua imagem e talvez até sua vida, pois com essa mudança você pode se tornar o que as outras pessoas acreditam que você é.

Um último exemplo rápido que todos vão entender: em Gossip Girl, Chuck (Ed Westwick) tem um estilo próprio, tanto que você bate o olho e pensa: “essa echarpe de seda é a cara do Chuck” porque há todo um estudo de acordo com a personalidade do personagem, a “mensagem” a ser passada. No caso de Nate (Chace Crawford), seu personagem anda sempre com roupas da tendência mas não tem seu estilo próprio, é algo mais simples, que não cria uma identidade específica. Concluindo o raciocínio, é importante sabermos que criar um estilo próprio é totalmente diferente de estar na moda.






Escrito por Moda para Homens
O Moda Para Homens é o maior blog de moda masculina do país. O nosso objetivo é mostrar que homem também tem que ter estilo.