Fomos um dos primeiros blogs a poder testar, em mãos, o LePad, o tablet da Lenovo.

Diferente do iPad, seu sistema operacional, de fábrica, é o Android 2.2, do Google. Mas você pode também usá-lo conectado a uma base e transformá-lo em um notebook, capaz de rodar o Windows 7.

Sua tela tem 10,1 polegadas e tem um touch bacana, mas ainda não chega à sensibilidade do seu concorrente da Apple. O bom é que já vem com câmera frontal para tirar fotografias ou para ser utilizada na função vídeo chat.

O tablet utiliza um processador de 1,3 GHz, 1 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento de dados. Ele executa os aplicativos com bastante velocidade e dificilmente dá algum tipo de problema.

Um diferencial do LePad e do Android para o tablet é essa tela inicial, onde você pode escolher o seu tipo de uso mais frequente: se aplicativos, música, livros, etc.

Outro ponto positivo foi a sua espessura e o seu peso, que o torna fácil de carregá-lo em bolsas e mochilas.

Confira o teste em vídeo, que mostra um pouco da navegação do LePad:

Ainda não há previsão para sua venda no Brasil. Até então ele só pode ser encontrado na China, pelo valor equivalente a R$850,00.

Fica a dica #tech.






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.