O musical premiado da Broadway, Billy Elliot, chegou ao Brasil em curta temporada, do dia 2 a 18 de agosto. É a oportunidade de acompanhar a história de um garoto em busca de um sonho, baseado no filme homônimo. Billy Elliot se passa no norte da Inglaterra, tendo como plano de fundo a histórica greve de mineiros em 1984 e 1985.

Billy é filho de um minerador e descobre um extraordinário talento para dança, em segredo acaba tendo aulas mesmo contra a aprovação de sua família e da comunidade.

O espetáculo é produzido pela Universal Stage Productions, Working Title Films, Old Vic Productions and NETworks Presentations, LLC e realização no Brasil da T4F.

A produção apresenta design cênico por Ian MacNeil, direção associada por Julian Webber, figurinos de Nicky Gillibrand, design de iluminação por Rick Fisher e design de som de Paul Arditti.

Supervisão musical e orquestrações de Martin Koch.

A produção tem direção da turnê por Justin Martin e coreografia de Kathryn Dunn.

O musical recebeu 81 prêmios, entre eles 10 Tony Awards em 2009, 10 Drama Desk Awards e o espetáculo ainda ganhou diversos prêmios ao redor do mundo, como Melhor Musical no Olivier Awards em Londres, no Sydney Theatre Awards e Helpmann Awards em Melbourne.

SERVIÇO

“BILLY ELLIOT, O MUSICAL” – SÃO PAULO (SP)
Realização: TIME FOR FUN
Data: 02 a 18 de agosto
Horários: terça a sexta-feira, 21h. Sábados, 16h e 21h. Domingos: 15h e 20h.
Local: Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17955 – Santo Amaro / São Paulo (SP)

Capacidade: 3578 lugares
Ingressos: de R$25 (meia-entrada) a R$280
Duração: aproximadamente 2h50 com intervalo
Classificação etária: Livre, a partir de 12 anos desacompanhados.
Abertura da Casa: 1h30 antes do espetáculo
Acesso para deficientes / Ar condicionado
Copatrocínio: Wise Up/ Fusion Energy Drink/ Honda / Seguradora Oficial: Allianz
Meio de pagamento preferencial: Credicard
Estacionamento (terceirizado): R$ 40

Estaremos lá! ;)






Escrito por Moda para Homens
O Moda Para Homens é o maior blog de moda masculina do país. O nosso objetivo é mostrar que homem também tem que ter estilo.