PIM-moda

Nosso país está cada vez mais inclusivo. Os olhares distorcidos da realidade voltam-se cada vez mais para os “ignorados”, para os “oprimidos” e para as “minorias”. Auto lá, sob a perspectiva de quem esses adjetivos estão sendo colocados? Certamente, da mídia brasileira que desponta com um intenso padrão de beleza jovem, caucasiano, magro e perfeito.

Sim, a periferia grita e do seu seio emergem talentos, belezas e, principalmente, culturas, raízes e tradições. A favela grita, o pobre se sobressai e o negro mostra a que veio. Uma nova realidade. Novos comportamentos. Outras perspectivas.

É closy made in África. É noixx que tá by manos, minas e monas. É eu só quero é ser feliz e andar tranquilamente na favela onde nasci.

pim-tulio

Sim, orgulhosamente dentre desse contexto o P. I. M. (Periferia Inventando Moda) chega a sua 6ª edição. São 3 anos de rolê na parada. Pensa que é fácil? Se a moda está em crise, a moda nacional em decadência e muitas grandes marcas estão falidas. Imagina para quem está bem á margem de tudo isso.

Dias de luta e dias de glória, o P. I. M., sob a coordenação de Alex Santos, no dia 02 de junho realizará mais uma edição desse evento que acontece todos os anos no CEU, em Paraisópolis, e que começa as 17h.

Das 17h às 18h30min teremos uma mesa redonda intitulada “Um novo olhar sobre a moda”, em que teremos questionamentos sobre os padrões de beleza. A mesa conta com ilustres presenças, tais como o estilista da Casa de Criadores, Isaac Silva; com a blogueira mais closeyra do Brasil, Magá Moura; e com Luciane Barros, criadora da marca África Plus Size Brasil.

Após, às 19h iniciam-se o desfiles de dez grandes marcas da comunidade (Alex Santos, Brunno Dellum, Couto Store, Hypnotic Bijoux, K. Sullysman, Malokero, Mete a Marra, Peah P. Clothing e Simplesmente). Só sucesso por todos os lados!

O evento tem previsão para acabar às 20h30min. Mas não é o dia 2 de junho de 2017 que marca o fim e o início apenas de um evento. Estamos diante de um nicho muito mais complexo, que se inicia meses antes e não para nunca. Nasce e renasce a cada edição no sonho de jovens. Jovens que veem no evento sonhos, ideais e desejos de um dia tornarem-se grandes cabeleireiros, fotógrafos, maquiadores, estilistas e modelos. São muitas e muitas pessoas que o evento abraça e os chama de filhos.

Não deixe você de conhecer ou prestigiar.

Serviço

Periferia Inventando Moda – 6ª edição
Dia 02 de junho de 2017 (sexta-feira), das 17h às 21h.
Cronograma:
17:00 às 18:30: Mesa redonda: “um novo olhar sobre a moda – questionando os padrões de beleza atuais”.
19:00 às 20:30: Desfiles
Local: CEU Paraisópolis.
Rua Dr. José Augusto de Souza e Silva, S/N.
Telefone de informações para o público: (11) 3501.5660.

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.