A gente costuma pensar que só os gordinhos ou baixinhos têm dificuldades para se vestir. Muita gente acha que a solução para as roupas caírem bem nos homens, é ser alto e ter um corpo magro, mas não é bem assim. Dicas para disfarçar o peso a mais e alongar a silhueta não são difíceis, e algumas marcas até já confeccionam as roupas com os truques, mas quanto aos magros e altos, as dicas se confundem e muitos acabam pecando na hora de escolher as peças.

Não existe corpo perfeito e é essencial que todo homem conheça o seu antes de sair as compras. É preciso olhar para o espelho e aceitar os desafios na hora de se vestir. Nosso grande erro (altos, magros, gordos ou baixos) é pensar na silhueta que gostaríamos de ter, e não na nossas formas atuais. Os homens altos são prejudicados na moda pela falta de opções e, muito mais, no uso errado das peças.

Proporções e volumes

Magros precisam de volumes, mas na medida certa. Existe uma diferença entre peças ajustadas com volume e peças no tamanho errado, grandes demais para o corpo. Você não precisa usar peças em tamanhos maiores, e sim escolher peças que escondem a magreza de forma sutil. É importante que as proporções dos acessórios também conversem com o tipo de corpo: as gravatas devem ser finas (mas não tanto!) e os sapatos, de bico arredondado (os de bico fino alongam ainda mais a silhueta). Os cachecóis são boas escolhas de inverno e o uso de relógios, pulseiras e cintos são muito bom-vindos, obrigado. As calças coladas também devem ser evitadas, elas deixam as pernas ainda mais finas e compridas. Calças com pregas são válidas. Geralmente, homens altos têm pescoços compridos, logo, camisas polo ou com volumes nas golas caem bem para quem tem esse tipo de corpo.

Cores

Evitar looks monocromáticos é uma ótima opção para quem não quer parecer com um grande bloco de cor. Particularmente, gosto de looks monocromáticos, (meço 1,80 e peso 62Kg) e realmente não me importo em parecer um grande bloco negro. Aí vai do gosto de cada um. Mas a ideia é é dividir o seu corpo em partes e usar cores diferentes em cada parte, o que deixa a silhueta dividida de forma harmônica. As peças de cima, se forem claras e as de baixo escuras, favorecem as proporções.

Estampas e padrões

Estampas e padrões grandes favorecem os altos, porque harmonizam a proporção. As estampas miúdas dão a impressão de que você é maior do que realmente é, logo, as evite. O mix de estampas também joga no mesmo time, uma vez que trás mais informação ao look. Se estampas e padronagens não são o seu forte, invista no contraste de cores e sobreposição entre as mesmas.

Tecidos

Tecidos estruturados são o ideal. O verão é desfavorece nesse quesito: o mais importante nesta época do ano é sentir-se fresco, então acabamos optando por tecidos leves e fluidos como malhas, mas vale destacar os casacos pesados e os tecidos de tramas grossas e volumosas. A grande vantagem para os magrinhos no inverno, é que valem os casacos estampados, coloridos e volumosos! Lembre-se: quando mais volume, melhor.

Lembre-se: não existem regras na hora de se vestir, apenas  dicas que favorecem cada tipo de corpo. Também não existem corpos perfeitos ou tipo ideal: cada um tem o seu e é muito importante que conhecemos a nós mesmos antes de sair às compras. Espero que tenha ajudado!






Escrito por Dhyogo Oliveira
Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.