Se você já viu algum trabalho do Javier Bardem, entendeu o seguinte: o cara “não é bagunça”. Se você estava em Marte nos últimos anos, vai entender isso num teste rápido com qualquer mulher: peça opinião sobre ele e agüente aí, meu amigo, uma meia hora de suspiros.

Um Oscar de “Melhor Ator Coadjuvante” em 2008 e um prêmio de “Melhor Interpretação Masculina” do Festival de Cannes 2010, o credenciam como um intérprete extremamente competente. E que ganhou notoriedade com estilo, fora das telas.

Mesmo não sendo lá muito “tendência” na moda, Javier tem um estilo com um ingrediente algo que parece óbvio, mas é um imã às mulheres e muito útil no nosso dia-a-dia: Masculinidade. Macheza, como diria meu avô.

Não, não responda ainda, você que começou a achar este post homofóbico. A idéia não é essa. A lição do cara é que, por mais que eu curta um visual modernoso, um pouco de sobriedade ajuda a impor respeito. Transfira isso para uma reunião de negócios ou um jantar pra conhecer o sogro e considere os benefícios.

Vejam que o Javier Bardem sempre usa ternos, cores e peças básicas e bem cortadas. Roupa sem frufru, grandes detalhes ou estampas. Clean até mesmo nos looks esportivos.

Ter poucos elementos no vestuário deixa espaço para você e seu discurso se destacarem, ao invés de uma “sacadinha” qualquer. Claro que não faz milagre, ok? “Como diz o “Profissionais do Ano”, nada substitui o talento”, mas sobriedade de fato contribui para credibilidade e às vezes, segurança.

Um exemplo da segurança do Javier Bardem? (ignore a camisa) veja a cena abaixo do filme “Vicky, Cristina, Barcelona”. Poucos atores e/ou caras na vida real fariam este convite num restaurante pra duas estranhas para viajarem e transarem com tanta naturalidade e sucesso (tudo bem é filme)! No final, a Vicky topa. A Cristina topa. Até a Barcelona toparia!

O foco deste post é observar como em muitos momentos da vida, “menos é mais”.

E veja bem: sóbrio é diferente de velho!

Outras razões para admirar o cara? Nas horas de lazer, ele:

1) Usa camisas de banda de rock. #80’s never die!

E por ultimo e não menos importante:

2) Pega a Penélope Cruz.

Você acha que isso é bagunça?

Daniel Blum – é o novo colaborador do Moda Para Homens.






Escrito por Daniel Blum