Ontem foi o último dia de Rock In Rio. Depois da 1ª parte com os melhores momentos do evento, aqui estão os melhores momentos parte 2. \m/

Stevie Wonder, cRássico! 8-)

Beto Lee beija Sérgio Dias durante show dos Mutantes. Deixa o Bolsonaro ver isso.

Ke$ha mostrou que, além de mal gosto visual, não leu nada do site do Rock in Rio, principalmente a parte de “Por um mundo melhor – Doe Um Instrumento”. Quebra guitarra não minha fia, isso é tão anos 80.

Joss Stone, além de sensualista da música internacional, participou do projeto “Doe um Instrumento”, veja. Toma essa Ke$ha.

Jota Quest, com Rogério Flausino usando uma calça que deixou todos em dúvida se era super skinny ou legging.

Shakira ensinando o verdadeiro “Rebolation” para os Brazucas.

Lenny Kravitz, uma mistura bem feita de rockeiro+cantor+guitarrista+fashionista.

Jamiroquai. Hipster é isso aí.

Skank, com Samuel Rosa tentando ser malandrão. De beijinho, filmando em 3D, até falando palavrão.

Maná com a participação do guitarrista “arroz de festa” Andreas Kisser. Adorei esse show!

Maroon 5, com Adam Levine arrasando uns milhões de corações. (menos o da minha namorada, lógico)

Coldplay, mostrou que depressivo só fica quem não foi ao show. #sensacional

Detonautas, mandou bem musicalmente e com suas mensagens contra o governo e suas corrupções. #AcordaBrasil

Evanescence com Amy Lee, sua belíssima voz e sempre afinada.

System of a Down com seus gritos, distorções, bateria marcante e um dialeto diferenciado. \m/

Guns N’Roses encerra o festival com Axl Rose entrando de capa de chuva, trocando de figurino mais vezes que a Rihanna e aguentando bem (vivo) as mais de 30 músicas do setlist.

Qual foi o melhor momento do Rock in Rio 2011 para você? Comente!






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.