foliculite-barba

A foliculite é inimiga número um dos homens na hora do barbear. A pele avermelhada e as pequenas bolhas são sinais de infecção dos folículos pilosos, geralmente causada por bactérias.

Com mais de 20 anos de experiência como barber, Edimar Torres, dono da Barbearia Torres, dá alguns conselhos para evitar a foliculite na próxima vez que for se barbear. Confira:

Use a lâmina no sentido correto (a favor dos pelos)

Barbear-se respeitando o sentido de crescimento dos pelos evita o surgimento de irritações. Caso você não saiba identificar essa direção, Torres deixa a dica: “fique em pé em frente ao espelho e passe um objeto duro como um cartão de crédito pela barba como se estivesse se barbeando. Comece a partir da bochecha em direção ao canto da boca, e depois faça o movimento no sentido contrário, da área dos lábios em diagonal até a costeleta. Toda vez que sentir alguma resistência, você estará fazendo movimentos contra os pelos, ou seja, esse sentido não é o melhor para ser utilizado”.

Aposte na esfoliação

Antes de fazer a barba, utilize um esfoliante para limpar a pele, retirando as células mortas, sem ressecar a região. Lembrando que o ideal para a prática de esfoliação é de no máximo três vezes por semana, para que não haja qualquer tipo de irritação.

Crie um ritual de tratamento

Normalmente nas barbearias é realizado um ritual de tratamento. Ele consiste na utilização de tolhas quentes, cremes especiais e massagem facial para relaxar corpo e mente antes da feitura da barba. O barber indica para quem quer ter efeitos parecidos em casa, deixar o creme de barbear 10 minutos agindo na pele antes de iniciar o processo e depois fazer a barba durante o banho, pois o vapor e a água quente colaboram para a abertura dos poros. Ao terminar, lave a região com água fria e use um produto pós-barba.

fazendo-a-barba

Invista em produtos específicos

Muitos homens ainda têm o costume de não usar produtos específicos para fazer a barba, principalmente os mais velhos. Acredite, ou não, mas muitos usam sabonete no lugar de um bom gel ou espuma de barbear! Vale lembrar que a maioria dos sabonetes tendem a ressecar a pele, o que pode gerar atrito e causar irritações ou lesões na pele ao barbear.

Por isso, invista em produtos específicos para fazer a barba. Aposte em um bom gel ou espuma de barbear, em uma lâmina de qualidade e não esqueça do pós-barba, que auxilia na recuperação da pele e no fechamento dos poros abertos durante o barbear.

Para quem usa barba ou bigode, vale a pena usar os produtos citados acima, na hora de aparar ou fazer o contorno da barba, além de óleos e balms.

Procure um dermatologista

A adoção de boas práticas durante o barbear ou o auxílio de um barber minimizam a foliculite, mas não dispensam a necessidade de se visitar um dermatologista. Se você sentir que tem sido um problema comum ao fazer a barba, um profissional poderá receitar cremes e géis com antibióticos para tratar a infecção e produtos com ácido retinóico para prevenir e tratar o aparecimento de demais problemas.

Pele Oleosa1

Qualquer dúvida, pode perguntar!

Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.