Cada vez mais, homens e mulheres devem sair de casa preparados para qualquer tipo de compromisso no trabalho. Pensando nisso, o editor de moda Li Camargo deu várias dicas bacanas de como se vestir para qualquer ocasião profissional na coluna Seu Estilo da revista Consumidor Moderno. Abaixo, algumas dicas para não fazer feio no ambiente de trabalho.

1. A cor da meia deve acompanhar a cor do terno, não do sapato;

2. Meias coloridas e divertidas estão na moda entre executivos de Londres e no Vale do Silício. Mas, cuidado, é preciso saber ousar! É um detalhe que deixa o visual divertido e moderno, ideal para casual days. Mas, atenção: não economize no bom senso (calça e camisa sóbria);

3. “Meia para usar com terno tem de ser sete oitavos. Nada mais deselegante do que cruzar as pernas e deixar os pelos da canela à vista”, alerta Camargo. Modelos masculinos que vão até as coxas são difíceis de encontrar no Brasil. Se não puder comprar fora, opte pela três quartos, que cobre até o meio da canela, ou cinco oitavos, que acabam na altura do joelho;

4. “Meias curtas 100% seda são muito antigas, estilo vovô dos anos 1980. O tecido ideal para meias é o algodão. Não tem erro. Para ternos, as meias feitas de fios de escócia (algodão + seda) também funcionam bem”. Nunca use meias brancas com sapato social;

5 . O melhor sapato social é o mais clássico possível. “Não tem erro: bico recortado, de amarrar, preto ou marrom”.

Os melhores modelos são:

Oxford Caracterizados por ser um modelo fechado com cadarço. Mas se o pé for muito alto, na hora de amarrar o sapato, as duas carreiras de orifícios não ficarão paralelas. Isso é sinal de que o sapato não é ideal para você. Se, ao contrário, seu pé for relativamente baixo, as duas carreiras de furinhos tendem a se sobrepor uma sobre a outra.

Derby  É parecido em formato com o oxford, mas se adapta mais facilmente  a todas as alturas de peito do pé. O modelo surgiu no século 19 e se tornou muito popular. Esse é o menos formal dos sapatos clássicos, é muito versátil e funciona com costume, blazer e calça sem gravata, e também com calças de alfaiataria e camisa. E até com jeans.

Monk  Estilo inspirado nos calçados de monges, usados desde o século 15. A versão contemporânea surgiu em 1930. É menos formal do que o oxford e mais do que o derby, é fácil de reconhecer pela falta de cadarços, que são substituídos por fivela metálica lateral, junto ao peito do pé. Bom para ternos e combinações como calça de alfaiataria e camisa social.

Aposente os sapatos de bico quadrado. “Já estão fora de moda”, segundo Li Camargo, e encurtam o pé. Se você for um executivo e precisar ir a uma reunião importante, também evite o polêmico “sapatênis” (a não ser que você o utilize em casa ou aos fins de semana).

6. Sapato tem de ser confortável. Não compre sapato apertado esperando que ele vá “lacear”. No máximo, se adapta à largura do pé, nunca ao comprimento;

7. Para conservar os sapatos, esqueça as graxas tradicionais, que podem dar um brilho temporário ao couro, mas, no longo prazo, ressecam. Para o dia a dia use uma flanela úmida para tirar o pó e, de tempos em tempos, um produto hidratante específico para sapatos;

8. Ao escolher, observe: o dedo nunca deve encostar à frente do sapato. Sinal de que vai ficar desconfortável. O ideal é que exista uma distância da largura de um lápis do dedo até a frente do sapato. Sapatos de bico fino e forma mais alongada podem ficar com o bico um pouco levantado. Em outros tipos de sapato, quando o bico levanta é sinal de que está muito grande. Na Europa, o modelo fino e longo é considerado moderno. No Brasil, não tem boa aceitação;

9. A barra: o comprimento da calça deve ser um pouco menor na frente do que atrás. Atrás, deve terminar entre o final do salto e começo do sapato, no caso dos ternos clássicos. Na frente: deve ter uma sobra leve, mas que não embole na frente ou no cadarço do sapato.

10. Altura da calça: deve estar sempre no umbigo. Se estiver acima do umbigo, vai esticar as pernas e encurtar o quadril. Se estiver abaixo, dá o efeito contrário, alonga o quadril e encurta as pernas.

Matéria enviada com exclusividade pela Revista Consumidor Moderno.






Escrito por Moda para Homens
O Moda Para Homens é o maior blog de moda masculina do país. O nosso objetivo é mostrar que homem também tem que ter estilo.