A República do Botswana é um dos muitos países da África que entrenta um infeliz panorama de guerras civis e ditaduras mercenárias.

Em 2008, Frank Marshall, um fotógrafo sul-africano, acompanhou uma banda de metal sul-africana num show em Gaborone, a capital de Botswana.

“Ao chegarmos ao pequeno bar onde a banda ia tocar fomos recebidos por metaleiros botsuaneses vestidos de couro dos pés à cabeça”, lembra Frank. Os bangers tinham se autodenominado com alcunhas como “Dead Demon Rider”, “Coffinfeeder” e “Ismael Phantom Lord”. “Como a cena do metal na África do Sul é dominada majoritariamente por brancos, fiquei automaticamente fascinado e impressionado com aquela sub-cultura tão específica.”

Marshall voltou para lá um ano depois para usar os metaleiros botsuaneses como tema da sua tese de fotografia, o que resultou num projeto chamado Vision of Renegades, que em ficou por um bom tempo em exibição na Rooke Gallery, em Joanesburgo.

Aqui estão algumas fotos de sua viagem fotográfica por essa “tribo”.

“Para os membros desta cena, as roupas funcionam como uma espécie de competição”,  diz Marshall. “Lutam entre eles para ver quem é que tem o aspecto mais brutal. Quando estive em Botswana, andava com algumas fotografias de metaleiros que tinha tirado durante a minha primeira visita. O pessoal a quem as mostrei ficou fascinado, e sentiram-se motivados para aumentar a elaboração das suas roupas.”

“O metal é muito respeitado em Botswana”, explica Mosaka, guitarrista da banda local Overthrust. “Aqui, um show de metal é como um ritual religioso – ficam todos loucos na véspera. Passam semanas a preparar as calças de couro, as botas e outros acessórios – é como se estivessem se preparando para a guerra!”

“Quando chega a hora do show, ficam em fila, andam todos no mesmo ritmo e marcham silenciosa e delicadamente até o lugar. É como se fossem robôs, ou como se estivessem possuídos por máquinas.”

Você imaginava? #atitude

Fonte: Vice.






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.