estilo-carreira

Como homens inteligentes e modernos, “sabemos” (apesar de pertencer ao sexo oposto, me incluo nessa também!) o quão importante é o papel de uma roupa no momento de uma entrevista de emprego, balada e até mesmo num primeiro encontro. Como ‘Consultora de Estilo Pessoal’ venho percebendo, a cada dia mais, o interesse dos homens pela boa aparência também no ambiente profissional. Por mais cheio de regras que ele seja (combo terno-gravata-calça-social-sapato), a maioria quer dar o seu toque pessoal.

Uma das coisas que me deixa mais feliz é ver um jornal tão conceituado como o The Wall Street Journal, além do desenvolvimento de diversas pesquisas sobre, falar sobre algo que muita gente ainda encara como fútil: moda/estilo/vestimenta. E, principalmente, um tema como esse no ambiente de trabalho (dresscode).

Combo Social

No começo desse mês o jornal divulgou algumas pesquisas realizadas que comprovam a importância de vestir-se bem para, não somente causar uma boa impressão, mas também subir na sua carreira. Para quem ainda duvida do poder de uma roupa, podemos perceber com o estudo que a vestimenta que possui uma carga de status social elevado pode, até mesmo, influenciar no desempenho profissional de verdade e não “apenas” na imagem que você transmite.

Resolvi resumir as pesquisas e sua importância no mundo do estilo:

O poder dos ternos

“Descobrir se o uso de tipos específicos de roupa tem um efeito nos resultados de venda.”

Um grupo usou ternos e sapatos, outro calça de moletom, camiseta branca e sandálias de plástico e por último um grupo neutro que usou as mesmas roupas que já estavam.

Resultado: os homens vestidos mais formalmente foram menos dispostos a ceder nas negociações.
“Em um cenário competitivo, usar roupas mais formais pode enviar aos outros um sinal de ‘sobre como você tem sucesso e confiança em tudo o que faz.’.”

Produtividade maior

Um grupo de homens recebeu a missão de completar determinadas tarefas.

Resultado: pessoas se engajam em altos níveis de pensamento abstrato (aquele que se espera de pessoas que ocupam uma posição sênior nas empresas) quando bem vestidas, comparadas com as que estão com roupas casuais.

“Quando você precisa pensar criativamente, sobre o cenário mais amplo, é quando a roupa formal irá aumentar a sua produtividade. As pessoas que se vestem com esse tipo de roupa se sentem mais poderosas.”.

Social bem ajustado

Por isso, deixo para vocês refletirem: vestir-se bem, que mal tem?

Escrito por Rayanna Utiama
Consultora de estilo e gestão de imagem, formada pela Oficina de Estilo e Berenholc&Dalpra, pós graduada em Consultoria de Imagem e Estilo. Posta diariamente sobre essas e outras paixões no insta @rayannautiama.