Na semana passada conferi a pré estreia exclusiva de “Os Penetras” a convite da Nextel.

Pela primeira vez na história do cinema brasileiro, o público participou da produção de um filme. Os Penetras foi um projeto que usou a internet como meio de transformar cada espectador em um penetra do filme dirigido por Andrucha Waddington.

Nos meses de filmagem, os penetras da página tiveram a chance de aparecer no filme de várias maneiras diferentes, fora a interação com o diretor, produtores e atores do filme, e o conteúdo exclusivo.

Agora, com a filmagem concluída, os penetras continuam recebendo conteúdos em primeira mão e ainda terão muitas oportunidades de participar das ações e eventos de lançamento.

Eu não sou um dos penetras mas consegui penetrar no lançamento do filme no Shopping Frei Caneca, em São Paulo.

Sinopse

A dois dias do réveillon, o apaixonado Beto (Eduardo Sterblitch) vai ao Rio de Janeiro tentar reatar comLaura (Mariana Ximenes) e, desprezado, tenta o suicídio. Quem o salva da morte é o vigarista Marco Polo (Marcelo Adnet), que promete ajudar o seu novo e excêntrico amigo a reatar com a amada.

Junto a seu comparsa Nelson (Stepan Nercessian), eles usam todos os truques possíveis para invadir as festas da alta sociedade carioca, mas nem sempre as coisas saem como o planejado.

Trailer

Crítica

O filme traz um humor bem diferente do comum (brasileiro), mais inteligente e ácido. Foge daquele estilo “Zorra total” e fica mais americanizado. A fotografia é muito bonita e a trilha sonora é bem envolvente. O roteiro é muito bem feito e amarrado (tanto nas falas quanto no enredo). A atuação de todos os personagens principais é indiscutivelmente boa. Mariana Ximenes me surpreendeu bastante, tanto pela atuação quanto pela beleza. (cada dia parece que ela fica mais linda)

A única coisa que eu não gostei foi do final do filme. Não vou contar, por motivos óbvios, mas eu achei que acabou sem sal e mal resolvido.

Mas é um ótimo filme para ser assistido. A estreia oficial será no dia 30 de novembro.

Assistam!






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.