Depois do carnaval você só tem duas opções para o abadá: jogá-lo fora ou guardar no fundo do baú (para de lá nunca sair).

De forma alguma use um abadá no seu dia-a-dia, nem para ir à academia. Eles são horríveis e servem perfeitamente como dica do que nunca usar em um look.

Junte-se a essa campanha!






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.