Talvez uma das peças mais faladas dos últimos anos, mas o que não podemos negar é que é uma das maiores tendências na moda masculina, consolidando-se como uma calça que abrange homens de todas as idades. O estilo se originou no século 19, sendo descendente de calções e, possivelmente, das “Mughlai Churidars”, que eram amarradas abaixo do joelho. Estas “calças”, popularizadas por ingleses como Beau Brummel, foram usadas ​​no alto da cintura e amarradas no tornozelo, comumente sendo colocadas em botas, mas passaram a ficar soltas no final do século 19.

No século 20, este corte foi popularizado por Rockers, quando em 1950, Elvis Presley girava nos palcos com suas calças apertadas e, principalmente nos anos 80, com bandas como Metallica e Iron Maiden, que esbanjavam atitude e ousadia com suas músicas.

Mas só no início no século XXI, os homens abriram espaço em seus guarda-roupas para este tipo de calça. Desde então, a grande maioria das marcas passaram a ver com bons olhos o modelo, a fim de acompanhar a grande demanda.

A grande vantagem deste tipo de corte é a sua versatilidade. Ficam perfeitas com camisetas, camisas pólos, camisas casuais ou formais e até mesmo com blazers ou casacos.

“Existe um limite de idade para usar uma calça skinny”? Não. Como qualquer outra peça, basta confiança, atitude e, principalmente, que você se sinta bem com ela. ;)

Dicas:

  1. Escolha o tamanho certo: a calça tem um corte reto e se ajusta ao corpo, dependendo da altura do cavalo, pode incomodar.
  2. Experimente sempre. Mesmo calças de uma mesma marca variam em relação a suas medidas.
  3. Ajuste: o ideal é que ela sempre se ajuste à panturrilha.

Faça sempre o teste de sentar: não são todas as marcas que tem Elastano, além de algodão, na sua composição. Aquelas que não têm, podem incomodar na hora de sentar.






Escrito por Rafael Luiz
28 anos, estudante de engenharia e apaixonado por moda masculina. Traz semanalmente as melhores dicas de moda para o dia-a-dia.