Parabéns ao Rio de Janeiro! Hoje a Cidade Maravilhosa completa 447 anos. Se você está de turista pela cidade (meio difícil logo depois do carnaval) ou simplesmente não sabe o que fazer no final de semana para comemorar, aí vai uma dica de 3 lugares para visitar na cidade neste final de semana, entre exposições e passeios ao ar livre.

Feira do Rio Antigo

A feira tradicionalíssima no Rio acontece todo primeiro sábado de cada mês na Rua do Lavradio. Fazem parte mais de 400 expositores que fazem o streetstyle carioca unido a um cenário super saudosista com os prédios antigos e bares tradicionais. Se você gosta de cultura, moda, antiguidades e principalmente de história, não pode perder o evento. Começa às 10h e a boa é curtir a feira e, no final, aproveitar uma boa cerveja e petiscos na infinidade de bares que você encontra por lá. Afinal, estamos falamos falando da Lapa.


Tarsila do Amaral no CCBB

Depois da exposição Índia, o Centro Cultural Banco do Brasil, que fica na Candelária, trás a primeira exposição individual nos últimos 40 anos no Rio de Janeiro de uma das mais emblemáticas artistas brasileiras. Tarsila do Amaral é uma das mais importantes artistas que fizeram parte do modernismo brasileiro. Além da exposição, aproveite a palestra-concerto e o encontro com os curadores à partir das 18h30.

Nan Goldin no Museu de Arte Moderna

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, mais conhecido como MAM já tem é um passeio por si só. A incrível vista para o mar e o imenso jardim já é um passeio à parte. E além disso, esse mês ele está com a maior exposição da artista norte americana Nan Goldin já realizada no Brasil com uma série de fotografias impressas e slideshows de snapshots que a artista fotografou de 1970 aos anos 2000. Cada slideshow é composto por mais de 300 fotografias e a trilha sonora vai de Velvet Underground a Björk. Na exposição há os registros que Goldin fez de travestis, cenas de sexo, drogas  e vítimas de Aids, uma crônica da Nova York dos anos 70 / 80. Estão nas coleções das mais importantes instituições de arte do mundo

E aproveite o final da tarde e vá até a Pedra do Arpoador. O pôr-do-sol visto de lá é um dos mais belos do mundo!






Escrito por Dhyogo Oliveira
Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.