Minha coluna do mês na Revista VOi foi sobre abotoaduras. Acho que vale compartilhar o texto por aqui também:

Muitos nem sabem da existência deste acessório e outros acham que seu uso já está ultrapassado.

A verdade é que o uso das abotoaduras nunca saiu de moda e é sinônimo de elegância e poder. Apesar de sempre serem associados a vestimentas formais, as abotoaduras viraram tendência entre os homens com estilo e que se atentam ao pequeno detalhe que faz a diferença.

As abotoaduras foram criadas para serem usadas como um botão que prende os dois lados da bainha de uma camisa com um detalhe mais elegante do que um simples botão.

Hoje existem diversos modelos de abotoaduras, desde as clássicas, comercializadas por grandes marcas de luxo, como versões mais modernas que podem ser usadas para um look menos formal.

Como usar a abotoadura?

O mais indicado é usá-las com camisas de punho duplo, mas nada impede de você usar com camisas de punho simples. Outra opção, mais descolada, é usar a abotoadura no colarinho (na casa do primeiro botão da camisa).

Indica-se também o uso de um relógio acompanhando a abotoadura no pulso. Lembrando que o metal da abotoadura deve ser o mesmo do relógio, isso é, se a abotoadura for de ouro, o relógio também deverá ser de ouro.

Vale a pena ter um acessório como esse para usá-lo numa reunião ou em algum evento formal. Mas lembre-se de ter bom senso na hora da escolha e do uso. Veja se não ficará muito chamativa no look e se está combinando com o evento em questão.






Escrito por Guilherme Cury
29 anos, taurino, blogueiro e músico nas horas vagas. Criou o MPH há 7 anos com o objetivo de trazer as principais novidades do universo da moda masculina para o homem que se importa com o que veste.