Gucci-Cruise-Collection-2018

Você curte, entende ou ama moda? Um minuto. Não precisa nem responder.

O leitor que aqui está, no mínimo, espera um bom conteúdo de moda masculina. E, poxa, nós não podemos deixar a nova coleção da Gucci passar batido. Vamos falar dela aqui sim!

A coleção dos caras está demais. Alessandro Michele é O CARA. Ele mudou a cara da Gucci, reinventou a grife, construiu uma nova Maison e está reescrevendo a história da moda.

Animais, revival anos 70, 80 e 90, xadrezes, bordados, aplicações…

Ousadia nas peças. Passado, presente futuro juntos. Mix do mais improvável, impossível e inacreditável.

Sabe aquela pessoa excêntrica que todo mundo tinha medo de imitar com usa um monte de peças diferentes, mas que no fundo todos admiram? Pois bem, Gucci neles. É que o Michele faz de melhor. Mostrou para todos nós que a moda caminha para novos passos.

A cada coleção você pode renovar os estoques de babadores, pois a marca destrói mesmo. A crítica esbanja elogios. A imprensa só fala dela. E todo mundo já desejou suas peças. Vamos lá então né.

A Gucci Cruise Collection 18 tem uma cartela de cores extensa para caramba. Dos tons pasteis às cores fluorescentes. Do Duo da Gucci em vermelho e verde às estamparias com xadrezes, micro estampas e florais.

A alfataria (aquela bem séria) mudou. Ela se descomplicou. Por que não usar cores vivas, alegres e irreverentes? Quem disse que não pode usar costume com bota? Quem disse que é brega misturar estampas, formas e cores que não seguem o padrão?

Michele fez o que ninguém esperava e o resultado você saboreia com olhos aqui. Uma coleção formidável de um dos maiores nomes da moda contemporânea. A Gucci de Michele é phoda.

gucci-cruise-collection-18

A pergunta que não que calar? Você acha que o homem brasileiro tem peito para usar essa peças?

Nos encontraremos com elas por aqui?

Escrito por Diogo Rufino Machado
Ariano. Apaixonado por moda masculina e música eletrônica. Advogado. Jornalista de moda e blogueiro nas horas vagas.