Se há uma época que mais tem sido revisitada no streetstyle atualmente, sem dúvidas é tudo o que foi usado entre os jovens da década de 90. Sim, não há nada mais recente na história da moda que esta década que todos nós vivemos. Algumas marcas como Hysteric Glamour, D&G e Bershka já perceberam essa tendência e a inseriram nas suas últimas campanhas (veja abaixo).

Cada uma explorou um lado da década das largas modelagens, e a popularização das tribos de rua como o grunge e o hip hop. Estampados fluorescentes, couro com tachas e camisões de flanela foram algumas apostas. Mas há muito mais que explorar.

A década foi marcada pela busca de um estilo próprio com a mistura de tudo o que já foi vivido na moda de maneira bem despojada e jovem, contrapondo com minimalismo concomitante a este exagero e negando um passado de glamour e ostentação. Aliás, na moda, na arte ou na música, estamos sempre negando aquilo que esteve em voga na época anterior (não é à toa que estamos deixando a calça skinny d elado)

Referências

O que não faltam são referências para você se inspirar. Um seriado que serve como fotografia da década é o Beverly Hills 90210. Friends (que provavelmente você assiste até hoje) também é bem bacana por mostrar a transição do estilo nas décadas (ficou ao ar de 1994 à 2004). Além disso, filmes como Diário de Um Adolescente e As patricinhas de Beverly Hills valem a pena revê-los e apenas observar bem o figurino.

Quando se fala  em “moda de década” atualmente, o mais legal é buscar o que mais marcou aquele momento, de forma bem característica mesmo. Então não deixe de explorar as calças jeans retas com ganchos compridos, camisas em modelagens grandes usadas por dentro da calça, bonés de aba reta (muito usados pelos amantes do hip hop) e a tradicional jaqueta jeans sem lavagens especiais.

Além disso, foi nos anos 90 que os jovens começaram a customizar suas próprias peças para dar uma nova cara, até mesmo por falta de grana e por não conseguirem acompanhar a quantidade frenética dos lançamentos das coleções nas lojas (qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência). Então, explore seu lado criativo!






Escrito por Dhyogo Oliveira
Blogueiro e designer de moda. Também escreve no Sem Geração.