Homem e o acesso à moda

homens_internet

Hoje muitos acreditam que a moda é um privilégio dos ricos e na maioria das vezes os culpados de impor esta impressão vêm da própria mídia. O mundo da moda na maioria das vezes é retratada somente pelos grandes estilistas mundialmente famosos, desfiles de acessos ultra exclusivos, propagandas que exaltam o glamour dos milionários e acaba deixando de lado aqueles que são menos inteirados com o meio, o que acaba impulsionando aquela pessoa crer que só se pode estar na moda quem ganha “x”  ou “y” por mês, têm carros do ano, freqüenta as melhores festas e etc.

Claro que para aqueles que convivem ou acompanham pelo menos um pouco do que realmente é  este mundo cheio de detalhes e novidades, sabem que a moda é algo super possível mesmo pertencendo a classes sociais menos providas de recursos. Mas a questão é: Como ficam aqueles que não costumam procurar conhecer o que realmente é o mundo da moda e suas inúmeras possibilidades? E principalmente a maioria dos homens, que tão pouco parecem se interessar em conhecer esta realidade? Vão sempre ficar com esta impressão imposta pela mídia e continuar a se vestir sem uma mínima instrução de como poderia se vestir melhor?

O homem sim, está  cada vez mais procurando conhecer a moda, o metrosexualismo nunca esteve tão presente na população como nos dias de hoje, mas o que se sabe é que para a indústria da moda estes números ainda não são o suficiente para que se possa investir pesado pensando neles e a preferência ainda continua sendo delas, as maiores consumidoras deste mercado, as mulheres.

Esta, sem dúvida, é a década da comunicação. Orkut, facebook, messenger, twitter e blogs estão sendo atualmente as armas mais poderosas para promover a moda masculina, mostrando o quanto ela é possível seja de qualquer classe social, contanto que se esteja por dentro do que a estação propõe e promete ser tendência, por exemplo: cores, materiais, cortes, volumes, acessórios e muitos outros quesitos que compõem uma tendência. Mostrando e orientando tudo isso em uma linguagem pratica e de fácil entendimento para com todos.

As ferramentas estão disponíveis ao acesso de todos e depende dos que possuem um pouco mais de conhecimento e experiência no assunto que eles possam compartilhar o que sabem com os que buscam conhecer a moda e suas possibilidades.

Cabe a nós jornalistas, bloggers, homens, mostrar que também podemos ser potenciais consumidores e que estamos cada vez mais interessados a fazer parte de igual com as mulheres neste mercado atualmente dominado por elas.

Colaboração: Paulo Fraga.

Por .

25 mar 2010

Comente pelo Facebook

15 Comentários

  1. Daniel Borges

    25/3/2010 às 09h12

    A moda é para todos!!

    Responder
  2. Tharcisio Teles

    25/3/2010 às 10h27

    Bacana essa discursão. O homem passou a ter mais acesso a moda e a preocupação por tal, com a entrada da mulher no mercado de trabalho. Com a ocupação de cargos mais elevados pelo sexo feminino, o homem precisou ter mais cuidados com sua aparência para poder “dominar” seu espaço de volta. Acredito que hoje a moda está bastante acessível, nas grandes magazines é possível sair fashion sem gastar muito. O problema é o preconceito que ainda cerca a sociedade!

    Responder
  3. Ricardo Freire

    25/3/2010 às 10h35

    Bacana a matéria, por isso tomei por causa esse teme e estou levando a frente. A divugação de mudança.

    Responder
  4. Silvia Regina

    25/3/2010 às 11h00

    Nas últimas décadas a sociedade passou por várias mudanças e as mulheres souberam tirar melhor proveito delas buscando formação academica, melhores oportunidades profissionais, etc., sem deixar de lado a vaidade, ou melhor, aliando essas necessidades à moda. Os homens são mais resistentes à essas mudanças, são preconceituosos, têm medo de se expor. E no Brasil ainda há a cultura machista, de que homem não pode ter vaidade e do “pobrismo”, em que os homens bem vestidos são logo chamados de mauricinho, como se fosse pecado ter acesso às coisas boas da vida, como se isso não fosse o sonho de todos: ter uma vida melhor, principalmente financeiramente. E em falando de cuidados pessoais então, aí já é “coisa de viado”.
    As pessoas adoram o que é belo. As mulheres adoram homens bem cuidados e bem vestidos e para isso não é necessário gastar rios de dinheiro. Os editoriais mostram tendências e o mercado está cheio de bons magazines que oferecem essas tendências a bons preços.
    Taí uma boa pauta: mostrar um editorial de moda famoso e indicar peças semelhantes a preços acessíveis, assim como o guarda roupa básico do homem moderno.

    Responder
  5. Alison

    25/3/2010 às 11h07

    Concordo bastante, o interesse pela moda masculina já vem crescendo, mas realmente nao tanto quanto poderia. Hoje os homens estão deixando de lado o preconceito e começando a adquirir o lado metrosexual, isso é bom, mostra que a sociedade está mudando, mesmo que a grãos de areia.

    Responder
  6. Douglas Rodrigues

    25/3/2010 às 11h43

    Moda para todos!Mas muito caro é você está na moda!Mas nda que umas parcelas suaves para a gente sempre está no topo!Abrçs MPH…

    Responder
  7. Sandra

    25/3/2010 às 13h29

    Gostei muito esse post e concordo com a Alison!

    Responder
  8. Wanderlei

    25/3/2010 às 13h44

    Adorei a discursão. Olha Eu sempre fui louco apixonado por moda, so que meus pais tinham maior preconceito com isso, hoje eles sabem que eu quero fazer facu de moda, e hoje em dia eu fico mais por dentro do assunto ja que estou participando de um blog http://kingsofthefashion.blogspot.com/ hoje eu tenho mais estilo so que não gasto horrores para ficar na moda eu compro algumas peças que são tendencias e assim vou levando a vida. Abraçu adoro o blog de vc’s.

    Responder
  9. Paulo Fraga

    25/3/2010 às 18h40

    Sim! moda para todos, basta saber fazer um mix daqueles lol

    Estou muito feliz pela oportunidade que o site me deu de contribuir um pouco com meu artigo e aos elogios de todos.

    Responder
  10. jose

    25/3/2010 às 22h53

    otimo!

    Responder
  11. Raphael

    25/3/2010 às 23h32

    Mt bom o comentário! MPTH

    Responder
  12. Beto Lima

    25/3/2010 às 23h55

    Estilo não tem preço. Quem tem estilo é inteligente. Eu sou.

    Responder
  13. robson

    26/3/2010 às 02h20

    estamos num processo de mudança constante…a moda já foi sim cara e exclusiva para um certo grupo de pessoas, mas hoje com a importância que o marketing pessoal vem tendo. a mudança comportamental masculina e principalmente a abertura e preocupação das grandes redes varejistas em suprir esse crecente público, vem tornando a moda mais democrática.
    Há poucos anos ter um chapéu, significava muito dinheiro, já que é um acessório “dispensável” mas hj na C&A e Zara você encontra um a 30 reais…
    Estava falando pelo shopping hj e vi o gui da C&A Kids… cara chocante! tudo tão lindo quanto na zara e acessível!
    isso sem contar na campanha do Jeans!
    o mercado demandou atenção, estilo, cortes especiais…
    as grandes estão respondendo!

    Responder
  14. Paulo Fraga

    27/3/2010 às 19h19

    Certissimo Robson
    e quanto a Zara oq dizer.
    Sou completamente apaixonado pela loja *.*

    Responder
  15. chase online banking

    16/10/2010 às 19h10

    Hey, I just hopped over to your site via StumbleUpon. Not somthing I would normally read, but I liked your thoughts none the less. Thanks for making something worth reading.

    Responder

Comentar