Depois da lista com 10 maneiras de contar para sua mãe que você é gay, aqui está uma lista com 10 clichês sobre os homens héteros. Muitos se dizem injustiçados, pois a tal da patrulha gay quer obrigar todo mundo a aceitar o seu modo de vida pecaminoso e imoral de viver, sendo que o normal seria zzzZzzzZZzzzz… bom, a verdade é que ninguém quer lhe convencer a nada, o ideal seria que todos (gays, héteros, bis, tris, pentas e assexuados) convivessem numa boa, sem se importar com quem cada um leva para a cama.

Hoje em dia você é julgado por tudo, pelas roupas que usa, corte de cabelo, lugares que frequenta, músicas que escuta e quase nunca somente pelo seu caráter.

Se você é homem, curte moda, tem amigas mulheres, faz tratamentos estéticos, é mais sensível que os seus amigos, não aprecia futebol e não coça o saco em lugares públicos, cuidado! Pode ser que você não seja gay, mas apenas não se encaixa dentro do padrão do homem troglodita. Você só é gay se sentir atração ou transar com outros homens, simples assim.

E chega de bla-bla-bla, vamos a lista com 10 clichês ou encanações sobre os héteros.

1- Me olham torto quando eu uso calça skinny, camiseta curta, roupa com brilho, cachecol, gola V, peças justas ou acessórios.
Ao menos que você use todas estas peças juntas, basta saber compor o visual e o resultado ficará ótimo! Todo mundo sabe que usar camiseta justa com calça skinny vai lhe deixar com o corpo num formato de lombriga ou coxinha (tudo depende do seu peso). A ideia de que apenas gays se vestem bem é mito, muitos são cafonas e usam peças que não valorizam o seu biotipo, da mesma forma que muitos héteros tem um senso de moda bem apurado. Sendo assim, você pode usar qualquer roupa, desde que não brigue com o espelho, sua personalidade e as proporções do seu corpo.

2- Eu choro em casamentos, filmes e até em seriados da televisão. Sou um pouco frouxo?
Dizer que homem não chora é pura ignorância, se fosse assim, só as mulheres nasceriam com glândulas lacrimais. O fato de chorar só demonstra que você é sensível e se deixa tocar por diferentes tipos de emoções, ou seja, é humano!

3- Odeio futebol, mas sinto vergonha de admitir!
As quartas-feiras são sinônimo de testosterona no grau máximo, eu já vi muitos héteros deixarem de ver as suas namoradas somente para ficarem na frente da TV. Hoje em dia é normal todo mundo gostar de futebol, inclusive as mulheres, que podem ser tão fanáticas quanto qualquer outro homem. Eu fico intrigado quando ouço gritos de “Chuuuuuuupa, bambi”. Sempre imagino que o autor de tal frase está passando óleo no corpo, enquanto pede para o seu amigo Bambi lhe propiciar prazeres. Cá entre nós, existe frase mais gay do que esta? Se você não curte futebol, fique tranquilo! Os machões que curtem teriam mais motivos para se preocuparem do que você.

4- Homem que é homem leva toda e qualquer mulher para a cama, tudo é lucro!
Todo mundo tem um amigo que beija qualquer ser que tenha um par de peitos. Nada contra, mas a sociedade costuma pensar que todos os machos héteros devem agir assim. Eu já vi algumas mulheres espalhando por aí que um cara é gay somente porque não quis transar com ela, ou seja, o cúmulo do despeito somente por ter um par de peitos. Não se sinta obrigado a copular com qualquer fêmea que passar na sua frente, ter a opção de escolher quem levar para a cama é bem mais prazeroso, pode ter certeza!

5- Eu até teria amigos gays, mas sentiria medo de ficar mal falado por aí!
Se você pensa assim, a sua personalidade é tão fraca quanto o seu argumento. Andar, conversar e ter uma relação de amizade verdadeira com um gay só mostra o quanto você está tranquilo e certo da sua sexualidade. Ter um amigo japonês não lhe deixa mais oriental, andar com um amigo branco não clareia a sua pele, conversar com um ruivo não lhe deixará com sardas e acho que você já entendeu as analogias, né? Escolha os seus amigos pela personalidade e não pela sexualidade.

6- Me depilo escondido e vou levar este segredo para o túmulo!
Se ter pêlos fosse sinônimo de masculinidade, a macaca Chita seria o rei da selva no lugar do leão, que só tem uma simples juba. Excesso de pêlos pode comprometer a higiêne, ainda mais num país tropical como o nosso. Sinta-se livre para ser peludinho ou lisinho, quem decide é você, o importante é estar confortável!

7- Ouço Madonna escondido no meu quarto e na frente dos meus amigos escuto o Funk do Tigrão ou rock pesado.
Isso só mostra que você é bundão e não tem personalidade para ouvir todo tipo de som. É claro que grande parte dos fãs das divas pops são gays, mas isso não é regra. Gosto musical nada tem nada a ver com sexualidade, mas sim com sensibilidade, música é arte!

8- Sou noveleiro, assisto a das 6, das 7 e das nove, mas digo que só vejo para acompanhar a minha avó ou namorada!
Foi-se o tempo em que novela era coisa de dona-de-casa, as tramas estão cada vez mais abrangentes e tenho muitos amigos que preferem ficar na frente da TV a sair para tomar uma cerveja em dia de capítulos com reviravoltas e surpresas. Eu, particularmente, não troco uma mesa de bar por nada… mas viva a diversidade de opiniões!

9- Todo hétero é homofóbico?
Não, somente os gays enrustidos ou os fanáticos religiosos que pensam ter uma procuração para falar em nome de Deus. Se você realmente é hétero, não deve se importar com a sexualidade alheia. E se você é religioso, também não tem o direito de julgar ninguém, afinal, todos são filhos de Deus e Ele não deve ficar nada contente quando você prega o ódio e o preconceito usando o Seu nome.

10- “Mano, brother, velho, brow, parceiro, qualé, na real, firmeza, di boa” são expressões que todo hétero deve usar repetidamente?
Mesmo se ele for adolescente, pega mal. Desconfie de quem faz das palavras acima um mantra, da mesma forma que nem todo gay fala “arrasou, tá bôua, babado, badalo, bee, um escândalo, dar a elza, tuuuudo de bom”. Pessoas caricatas costumam ser previsíveis e entediantes.

E para aumentar esta lista, o MPH quer saber: Qual seria o 11º clichê sobre um cara hétero?






Escrito por Felippe Canale
Jornalista e produtor de conteúdo. Veja mais no site eaiconteudo.com.br.